Cine Clube Social realiza ações de formação e exibe de filmes gratuitamente neste fim de semana em Lafaiete

Abordar temas sociais e culturais por meio da produção audiovisual. É com esse objetivo que o projeto Cine Clube Social realiza oficinas e atividades de formação ao longo da última década. Com a retomada dos trabalhos presenciais, o projeto vai realizar, no próximo fim de semana sexta e sábado (19 e 20 de novembro), em Conselheiro Lafaiete, oficinas de introdução à área, além de quatro sessões de cinema na Praça CEUs. As atividades são gratuitas e abertas à comunidade.

Serão ofertadas duas oficinas de Introdução ao Audiovisual (no dia 19, de 14h às 18h) e duas de Introdução à Fotografia (no dia 20, também de 9h às 13h e de 14h às 18h), na Praça CEUs (R. Ito Alves, 185, Rochedo). As oficinas são gratuitas, com vagas limitadas, e as inscrições devem ser feitas no CRAS que fica na Praça. Nos dois dias, haverá exibição pública de cinema, na quadra coberta da Praça CEUs, com sessões às 18h e às 20h. Em cada sessão, serão exibidos os curtas O Melhor Som do Mundo, Anderson, Trindade e João Batista.

O Cine Clube Social é uma ação do Coletivo Noite de Cinema, que realiza ações de audiovisual nas periferias da região metropolitana e estado de Minas Gerais. Ao longo dos últimos dez anos, foram mais de 30 mil expectadores em sessões e ações realizadas pelo Coletivo. O projeto é realizado através da Lei Federal de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet), com patrocínio da Vallourec e apoio da Prefeitura Municipal de Conselheiro Lafaiete, do 31º Batalhão da Polícia Militar e do Instituto MeraKi.

Sinopses filmes

O MELHOR SOM DO MUNDO – ficção – 13m

Sinopse: Vinicius não coleciona figurinhas, nem carrinhos, nem gibis. Ele coleciona algo que não pode ser visto nem tocado. Vinicius coleciona os sons do mundo. Mas essa não é uma tarefa fácil, especialmente quando se decide encontrar o melhor de todos: o melhor som do mundo. Em sua busca, Vinicius irá descobrir que o melhor som do mundo está muito mais perto do que o esperado.

ANDERSON – Documentário – 20m

Sinopse: Anderson é um brasileiro de meia idade que tem paralisia cerebral. Ele foi convidado para fazer um curta metragem e só aceitou se o filme não fosse um drama. Ele conta com o companheirismo de seu irmão e a paixão pelo seu time para tentar atingir esse objetivo.

TRINDADE – documentário – 28m

Sinopse: Meireles Trindade ouve os ecos da escravidão desde menina. Agora, é ela quem canta.

JOÃO BATISTA – documentário – 25m

Sinopse: João Batista é um curta metragem documental que mostra um dia da suada rotina de um trabalhador brasileiro aparentemente comum.