A prefeitura de Conselheiro Lafaiete adquiriu 3 mil lençóis descartáveis para a Policlínica Municipal. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Ricardo da Silva Souza o material está sendo utilizado desde o dia 28 de dezembro e está sendo feito o monitoramento diário para manter o estoque de lençóis de tecido higienizados e prontos para uso.

Material adquirido pelo município já está sendo usado na Policlínica Municipal.

Além disso, os técnicos de enfermagem foram treinados para aplicação correta dos lençóis descartáveis. No final do ano passado a policlínica foi alvo de denúncia sobre a falta de roupa de cama nos leitos dos pacientes. A denúncia apontou ainda que em um cômodo da enfermaria, havia sacos de lixo com lençóis sem condições de uso já que necessitava de passar pelo processo de limpeza esterilização. Como não havia empresa contratada pelo município para realizar o serviço, os lençóis não poderiam ser reutilizados nos leitos.

Na ocasião, o secretário afirmou em vídeo divulgado nas redes sociais que havia encontrado lençóis em condições de uso na sala da administração e insinuou a suspeita de boicote por parte de alguns servidores e comunicou a exoneração do gerente da policlínica, Marcelo Barbosa.

Comissão de inquérito

A Secretaria Municipal de Saúde nomeou uma comissão de inquérito para apurar os fatos ocorridos em decorrência da falta de lençóis e deverá instaurar processo administrativo.

A comissão iniciará os trabalhos na segunda-feira, 07/01 e terá 30 dias para apresentar o relatório.