Polícia Militar apura se houve uso excessivo de força durante abordagem a casal em Lafaiete

A Polícia Militar apura a denúncia para identificar se houve o uso de força excessiva durante a abordagem a um casal que estava em uma motocicleta no domingo, 17/02, no bairro de Lourdes, em Conselheiro Lafaiete. Em vídeos que viralizaram nas redes sociais, policiais militares aparecem imobilizando o casal no chão.

No vídeo, a mulher aparece gritando. Ela alega que foi agredida durante a ação. Em nota enviada a imprensa, o 31º Batalhão de Polícia Militar afirma que esta apurando o caso.

Confira na integra a nota enviada pela Polícia Militar

N NOTA À IMPRENSA ABORDAGEM POLICIAL E VÍDEO DIVULGADO EM MÍDIAS SOCIAIS

Na data de 19 de fevereiro de 2019 a Assessoria de Comunicação Organizacional do 31º BPM (ACO/31º BPM) foi contactada por repórteres desta região com o intuito de verificar a veracidade de imagens contidas em vídeo veiculado em mídias sociais que, em um primeiro momento, sugeriam uma abordagem policial com excessos de uso de força física. Imediatamente a ACO/31º BPM passou a buscar informações internas (Batalhão) com a finalidade de confirmar a data, hora e local dos fatos contidos no vídeo, assim como identificar os Policiais Militares participantes da abordagem de modo a certificar-se de ser a ação decorrente de integrantes do 31º BPM ou de outra unidade da PMMG para que então todos os trâmites internos necessários e cabíveis para o fato em lide fossem devidamente iniciados.

Após leitura do Boletim de Ocorrência alusivo à abordagem contida no vídeo, bem como levantamentos internos junto aos responsáveis pelo policiamento no bairro do ocorrido tivemos a certeza de se tratar de ação desencadeada na área do 31º BPM (Conselheiro Lafaiete) e envolvendo Policiais Militares desta Unidade de Execução Operacional. Diante de tais constatações, aliado às imagens e notícias trazidas por meio da imprensa local/regional e considerando que a Polícia Militar de Minas Gerais repudia qualquer ato de violência e prima sempre pela veracidade dos fatos informamos que todas as medidas internas cabíveis para a devida e correta apuração da conduta de seus integrantes já estão sendo tomadas. Reafirmamos nosso compromisso de trabalhar pela sociedade mineira sempre respaldados por preceitos e valores que proporcionem a manutenção da Ordem Pública, a Paz Social e do Estado Democrático de Direito em nosso Estado de Minas Gerais e, desde já, agradecemos por todo o profissionalismo, compromisso e responsabilidade da imprensa para com a difusão de notícias e informações de extrema relevância para os cidadãos e órgãos responsáveis pela segurança pública o que ratifica mais uma vez a importância destes profissionais para uma Democracia forte e verdadeira.

TELMO TASSINARI NETO, CAP PM RESPONDENDO PELA ACO/31º BPM Conselheiro Lafaiete, 20 de fevereiro de 201