Desenvolvimento Econômico da região é discutido durante encontro com lideranças políticas em Queluzito

Na sexta-feira, 10/05, a Amalpa (Associação dos Municípios da Microrregião do Alto Paraopeba), Amma (Associação dos Municípios da Mantiqueira) e a Anver (Associação dos Municípios das Vertentes) representada se reuniram em uma assembleia histórica no município de Queluzito a fim de firmar a união entre as três regiões para buscarem melhorias junto ao Governo do Estado e Federal.  O desenvolvimento econômico da região dominou a pauta do encontro que contou com a participação de prefeitos, vereadores e lideranças políticas das três regiões.

O deputado estadual, Glaycon Franco (PV) demonstrou bastante orgulho em participar desse grande evento e propôs a criação de um Fórum Regional da Vertentes que seria composto pelas três associações. A proposta do deputado é que Amalpa, Amma e Anver se reúnam mensalmente para tratar das demandas da região. Para Glaycon Franco, as três associações juntas seriam mais fortes perante o governo.

O secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico do estado de Minas Gerais, Adriano Magalhães Chaves apresentou a atual situação econômica do estado e quais as estratégias para solucionar a situação agravante que se encontra. Segundo ele, hoje a dívida do Estado, chega a 28 bilhões e para que Minas Gerais volte a crescer, é necessário que sejam estabelecidas prioridades que hoje são: Atração de investimentos para geração de emprego e renda; Referência em práticas e resultados na educação; Recuperação do poder de gestão na saúde; Segurança; Desestatização e parcerias com o setor privado e a Recuperação fiscal.

Adriano Magalhães e o presidente da Amalpa, Célio Pereira.

A instalação de uma usina termoelétrica em Queluzito, também entrou na pauta do encontro e Adriano Magalhães explicou que está em fase de estudos. Segundo o secretário existe conversas com o Governo Federal para a construção da obra com investimento previsto de R$1,7 bi que teria início em 2021. O presidente da Amalpa e prefeito de Queluzito, Célio Pereira, o “Celinho”  destacou a importância da obra e afirmou que a termoelétrica trará reflexos para a economia regional.

A grande ausência do encontro foi a do senador Rodrigo Pacheco (DEM) já que ele havia confirmado a presença no encontro.