Morre o garotinho João Marcos, símbolo de luta contra a leucemia

Após vários dias internado, em Belo Horizonte, o garotinho lafaietense João Marcos Valle da Cruz, de 5 anos, perdeu a luta contra a leucemia e morreu neste sábado, 22/06. A criança havia sido diagnosticada com leucemia, em 2016, quando ele tinha 03 anos e desde então João Marcos travava uma batalha pela vida e buscava um doador compatível.  

Ao ser dado o diagnostico, João Marcos chegou a ficar internado por 35 dias no Biocor, em Belo Horizonte, onde passou por sessões de quimioterapia e tratamentos com corticóides, conseguindo extinguir a leucemia. Mesmo sem apresentar a doença, o garotinho continuou com as sessões de quimioterapia. Porém, em janeiro deste ano, exames revelaram a que João Marcos estava novamente com leucemia apontando a necessidade do transplante.

Houve uma grande mobilização em Conselheiro Lafaiete na busca de um doador de medula óssea compatível. Apesar do grande número de pessoas que realizaram o teste não foi possível encontrar um doador compatível. Em maio, os médicos decidiram iniciar os procedimentos para realizar o transplante haploidentico, ou seja, com um doador 50% compatível que nestes casos a melhor opção é o pai Allan Marcos da Cruz.

Porém, o transplante não pôde ser realizado porque houve o agravamento no estado de saúde de João Marcos por conta de uma pneumonia. Ele foi internado em uma UTI, onde morreu neste sábado. Ainda não há informações sobre velório e sepultamento.