Gritos dos Excluídos será realizado no dia 7 de setembro em Congonhas


O 25° Grito dos Excluídos e Excluídas será realizado no dia 7 de setembro, em Congonhas. A caminhada deste ano será iniciada, às 7h, com a concentração e animação perto da capela Santa Luzia, no Bairro Residencial. Às 9h30  será a celebração eucarística e às 10h30 início da caminhada rumo ao Santuário do Bom Jesus, onde haverá a mística de encerramento e envio. 

Com o tema ‘Vida em Primeiro Lugar’ e lema ‘Este sistema não vale: Lutamos por justiça, direitos e liberdade’ o Grito quer ser um espaço de luta, voz e vez de milhares de excluídos e excluídas no Brasil. Na arquidiocese de Mariana, o Grito pretende ser um momento de denúncia das dificuldades vividas pelos atingidos por barragem.

“Nesta perspectiva, a caminhada será iniciada no Bairro Residencial, bairro localizado abaixo da Barragem da CSN. Estamos construindo esse Grito junto aos moradores do bairro residencial”, afirma o pároco de Nossa Senhora da Conceição, padre Paulo Barbosa.

Missões

Em preparação para o Grito dos Excluídos e Excluídas serão realizadas missões na cidade de Congonhas nos dias 27 a 30 de agosto. A iniciativa tem o objetivo de preparar as comunidades para o evento, visitar as famílias e também ser um espaço de formação

Fonte: Departamento Arquidiocesano de Comunicação – Dacom