Flagrado ateando fogo em plantação, homem é preso após ser contido por sitiante

No início da tarde desta terça-feira, 03/09, por volta de 12h30, o Corpo de Bombeiros compareceu no sítio Olaria, entre os bairros Santo Antônio e São Francisco, em Barbacena, onde acontecia um incêndio. Ao chegar ao sítio os bombeiros verificaram que o proprietário de 37 anos estava contendo um homem de 61 anos e o acusava de atear fogo em sua plantação.

O fogo atingiu outras vegetações existentes no local.  O homem um lavrador de 61 anos, morador do Distrito de Campolide, no município de Antônio Carlos, confessou perante aos bombeiros que ateou fogo quando entrou no sítio sem permissão do proprietário para retirar uns pés de cana de açúcar e em dado momento acabou provocando o incêndio.

O homem recebeu voz de prisão em flagrante delito pelo crime de provocar incêndio. Como o incêndio atingiu área protegida, mata nativa, nascente de água, bem como ameaçava o Córrego das Pombas que corta a propriedade, foi acionada a equipe da Polícia de Meio Ambiente, que adotou as medidas cabíveis uma vez que a situação se enquadra na competência daquele órgão.

Quanto ao incêndio este destruiu a plantação do sitiante, atingiu bambuzais, e propagou para propriedades vizinhas dentre as quais a Comunidade Terapêutica Rosa de Saron, onde há uma extensa área de mata. A área queimada foi de aproximadamente 3 hectares. Os cavalos da propriedade tiveram que ser retirados as pressas do curral,  pois foram atingidos pela  forte  fumaça.