Bombeiros capturam gavião ferido por linha com cerol

Na manhã desta segunda-feira, 29/06, por volta das 9h20, o Corpo de Bombeiros compareceu em uma mata existente nas imediações do bairro Santo Antônio em Barbacena. Segundo populares, havia um gavião preso por uma linha de cerol chilena sobre uma árvore.

Com o uso de escadas e equipamentos apropriados, os bombeiros conseguiram capturar a ave e verificaram que parte da asa esquerda se encontrava bastante machucada. Imediatamente, os militares conduziram a ave até uma clínica veterinária.

Na clínica, uma profissional verificou que infelizmente teria que realizar uma cirurgia em parte da asa da ave, uma vez que a ferida  poderia  necrosar  para o restante do corpo  do gavião.

Crime

A Polícia Militar informa que o uso do cerol é considerado crime penal capitulado nos artigos 129, 132 e 278 do Código Penal Brasileiro, além do artigo 37 da Lei das Contravenções Penais. Em caso do uso do cerol por crianças ou adolescentes, estes podem ser apreendidos e encaminhados às autoridades competentes. Já o adulto que fizer uso do cerol será conduzido, junto ao material, até a autoridade judiciária, podendo até mesmo ser preso. Em Minas Gerais, a Lei Estadual nº 14.349 de 2002 prevê multa para os infratores, ficando esses sujeitos também a sanções cíveis e penais.

A Polícia Militar recomenda que a prática de soltar pipa seja realizada em locais onde não haja rede elétrica, nem vias de tráfego, e solicita aos pais que orientem seus filhos em relação aos riscos a terceiros e a si mesmos. 

A população pode denunciar o uso ilegal do cerol por meio do telefone 190.

Clique aqui e curta a página do Site Lafaiete Agora no Facebook