Nova denúncia pede instalação de Comissão Processante contra Mário Marcus

Entra em pauta na sessão da noite desta terça-feira, 21/09, na Câmara Municipal de Conselheiro Lafaiete o pedido de abertura de Comissão Processante contra o prefeito Mário Marcus (DEM). O pedido volta novamente a pauta no legislativo após ter sido rejeitado na semana passada.

Mário Marcus poderá ser alvo de Comissão Processante.

A instalação da Comissão Processante foi uma recomendação dos membros da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Transporte Público após a conclusão dos trabalhos. O pedido chegou a ser apresentado e votado em plenário, mas foi rejeitado por 8 votos a quatro.

Talysson Zebral apresentou a denúncia.;

Porém, desta vez a denúncia partiu do ex-candidato a prefeito, o ativista político Talysson Zebral (PCdoB). Na denúncia, Talysson argumenta que o tipo infracional política-administrativa foi a conduta omissiva em não cumprir as obrigações da gestão previstas no contrato, mais especificamente no sentido de fiscalizar, nem tomar as medidas necessárias para que o serviço mantivesse com tarifas a atividades adequadas.

O documento foi protocolado nesta terça-feira e voltado hoje. São necessários sete votos a favor para abertura da comissão que pode desencadear o afastamento ou a cassação do prefeito Mário Marcus.