Casa do Teatro de Lafaiete perde Jacira Ramalho

A Casa do Teatro de Conselheiro Lafaiete perdeu na terça-feira, 12/10, a atriz Jacira Ramalho. Natural de Queluzito, Jacira era esposa do taxista Dire e residia na rua Brasil em Conselheiro Lafaiete.

Ela entrou para a Casa do Teatro em 2015, participando do Grupo de Convivência Artística. Depois, Jacira também ingressou no Grupo Cenas e Ruas de Queluz como atriz da peça “Bênção das águas”.  Era irmã da Jandira, esposa do vice-prefeito de Queluzito, Joaquim Pereira, falecida no ano passado. Também era irmã do Joel, da Elétrica Lafaiete. 

O caminho para a Casa do Teatro foi o FACE (Festival de Artes Cênicas de Conselheiro Lafaiete), lembra o teatrólogo Geraldo Lafaiete. “Moradora do Centro da cidade acompanhava todos os espetáculos do festival, todos os anos. Esta participação deu a ela destaque e a levou a estar mais presente na Casa do Teatro. Por último, mesmo já doente, tratando de um tumor, ela permaneceu indo a Casa”, contou o teatrólogo.

Ainda segundo Geraldo Lafayette, Jacira faleceu em um hospital em Belo Horizonte. Ela deixa dois filhos, um deles médico em São Paulo. O corpo de Jacira será velado nesta quarta-feira, 13/10, de 12h às 14h, no Velório Sagrado Coração de Jesus em Conselheiro Lafaiete. Em seguida, o corpo seguirá para Queluzito onde será velada até às 16h e logo após será sepultada.