Artesãos conquistam espaço para exposição e comercialização de produtos em Lafaiete

Uma parceira entre a Fundação Queluz de Minas, Paróquia Nossa Senhora da Conceição, Secretaria Municipal de Cultura e Instituto Meraki resultou na conquista de um espaço para exposição e comercialização de trabalhos realizados por artesãos de Conselheiro Lafaiete. Já está em funcionamento no Salão do Edifício Imaculada, ao lado da Matriz de Nossa Senhora da Conceição, a Loja Artes de Queluz.

Gestora do Instituto Meraki, Marluce Albino explicou que o espaço pertencente à paróquia de Nossa Senhora da Conceição foi cedido pelo padre José Maria Coelho da Silva sem custos para os artesãos. Segundo ela, local é uma loja fixa com trabalhos de 25 artesãos e funcionará de 09h às 17h, de segunda à sexta-feira.

No espaço o visitante irá encontrar material de cozinha, esculturas, blusas bordadas, roupas para bebês, biscoitos, doces, entre outros itens. A conquista do espaço nasceu da criação da Central de Atendimento a Entidades por meio da Fundação Queluz de Minas e o Instituto Meraki que irá atuar com apoio a elaboração de projetos.

“A intenção é que o a loja se torne um ponto turístico de referência para o artesanato da nossa cidade e da região. Quem for artesão e faz um trabalho legal, pode trazer para expor na loja”, disse Marluce.

Serviço

Loja Artes de Queluz

Local: Edifício Imaculada – praça Barão de Qeluz, 27 ( lado da Matriz)

Horário de Funcionamento: 09h às 17h de segunda à sexta-feira.