Padre João vota contra a Reforma da Previdência

O deputado federal, Padre João (PT) usou as redes sociais para manifestar seu voto contra a Reforma da Previdência. O Congresso Nacional aprovou na noite da quarta-feira, 10/07, em primeiro turno por 379 a 131 votos, o texto-base da proposta de emenda a Constituição, que irá alterar regras na aposentadoria.

Padre João votou contra a proposta do governo.

Porém, para concluir a votação os parlamentares precisam analisar as emendas e destaques apresentados pelos partidos com o objetivo de tentar alterar pontos da proposta. Padre João justificou seu voto contra a Reforma da Previdência. “Não votamos contra professores e professoras; contra os trabalhadores e trabalhadoras do campo. Não vamos condenar os brasileiros e brasileiras a miséria extrema. Não vendemos nosso voto em troca de emendas, que serão mais sinal de sacrifício e dor para nossa gente”, disse o deputado ourobranquense.

Mesmo com a sinalização de que a votação da proposta será concluída de forma favorável a expectativa do governo, padre João afirmou que continuará lutando contra a proposta. “Vamos continuar impedindo os retrocessos por meio da apreciação dos destaques, especificamente aos que tratam dos professores, dos policiais e em relação a idade mínima e ao tempo mínimo de contribuição. Cada destaque é uma votação separada, que continuará até a próxima sexta-feira (12)”, afirmou padre João.