Suspeito de golpear mulher com cinco facadas é indiciado por tentativa de feminicídio

A Polícia Civil de Minas Gerais concluiu na quinta-feira, 08/08, o inquérito policial que apurou a tentativa de feminicídio ocorrida no dia 4 de agosto, na cidade de Belo Vale. O crime teria acontecido na manhã do domingo quando a vítima, ex-companheira do investigado teria sido golpeada por pelo menos cinco facadas, a última delas deixando a faca cravada em sua face.

Imediatamente a Polícia Civil iniciou levantamentos e ainda no domingo representou pela decretação da prisão preventiva do suspeito, que teria fugido logo após a ação criminosa. No final da noite do mesmo dia, o indivíduo foi preso após se apresentar na delegacia de plantão. As investigações constataram que o crime foi passional e premeditado, uma vez que o investigado não se conformava com o término do relacionamento do casal.

O suspeito que já trabalhou na delegacia de Belo Vale cedido pela Prefeitura Municipal da cidade, foi indiciado por feminicídio tentado, qualificado pelo motivo fútil e recurso que dificultou a defesa da vítima e se encontra no Sistema Prisional onde permanecerá à disposição da Justiça. A vítima foi encaminhada ao Hospital João XXIII em razão da gravidade dos ferimentos. A delegada que presidiu as investigações, Elenita Pyramo, destacou a pronta atuação da Polícia Civil, o que possibilitou a prisão do investigado na mesma data do crime. Ela ressaltou a importância das vítimas de violência doméstica levarem os fatos tais como ameaças, ainda que veladas, ofensas e perseguições ao conhecimento das polícias para adoção das providências cabíveis, impedindo que fatos mais graves ocorram.