Mulher é encontrada morta às margens da BR-040 com bilhete ameaçador

O corpo de uma mulher foi encontrado às margens da BR-040 no final da manhã da terça-feira, 10/09, em Itabirito. O corpo estava parcialmente carbonizado e havia um bilhete próximo.

De acordo com a Polícia Militar em um pedaço de papel escrito à mão, tinha os dizeres: “Se não dá conta do recado, pede para sair”. Os militares, que chegaram ao local por volta de 11h50 após uma denúncia anônima, disseram que a mulher estava no chão, na altuira do km 587, de barriga para cima, e com os braços carbonizados.

Além do bilhete manuscrito, havia, próximo ao corpo, um chinelo sujo de sangue e um comprovante de registro de ponto realizado às 19h da segunda-feira, 09/09. O documento é de uma empresa de transportes de Congonhas, cidade vizinha.

De acordo com a reportagem do jornal O Tempo em contato com o estabelecimento, foi informado que o funcionário, cujo registro de ponto pertencia, entrou na empresa em abril, e passou por exames toxicológicos, os quais deram negativo.

Um funcionário afirmou que a PM esteve no escritório da firma na tarde da terça-feira, mas não soube informar se o funcionário foi contatado. A perícia esteve no local do crime e constatou que a vítima tinha lesões na região da lombar. Não foram encontradas testemunhas, e o crime foi encaminhado à Polícia Civil. Ela ainda não foi identificada.

Fonte: Jornal O Tempo

Foto: Ilustrativa