Congonhas é a cidade líder de Minas do PAC Cidades Históricas

O prefeito de Congonhas, Zelinho participou na sexta-feira, 04/10, em Belo Horizonte, da reabertura da igreja de São Francisco de Assis, a “Igrejinha da Pampulha”. A obra faz parte do PAC Cidades Histórica, programa de preservação do patrimônio histórico brasileiro, do qual a cidade de Congonhas é sempre citada como exemplo nacional.

Na cerimônia de reabertura da igreja não foi diferente: “Quero saudar Zelinho, meu prefeito de coração….”, disse a presidente do IPHAN, Katia Bogea, no início de seu discurso. Congonhas é quem mais realizou obras do PAC. Até o momento já foram entregues restauraras e revitalizadas a igreja do Rosário, a Alameda Cidade de Matosinhos de Portugal, a Matriz de Nossa Senhora da Conceição e a Basílica do Senhor Bom Jesus.

E vem muito mais por aí. Nos próximos meses, ainda pelo PAC Cidades Históricas, serão entregues a restauração do Centro Cultural da Romaria, a construção do Teatro Dom Silvério e o Parque Ecológico da Romaria. Com recorde de execução de obras no PAC, Congonhas vem se destacando nacionalmente na gestão eficiente dos recursos públicos, um dos principais gargalos da administração pública brasileira.

Clique aqui e curta a página do Site Lafaiete Agora no Facebook