Copasa implanta sistema para por fim ao mau cheiro na ETE Bananeiras

Em documento enviado a 5ª Promotoria de Justiça da Comarca de Conselheiro Lafaiete, a Copasa informou a conclusão das obras de tratamento e mitigação do odor gerado pela operação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do Rio Bananeiras. Desde a inauguração da ETE em 2010, a população da região da Barreira convive com o mau cheiro que já foi alvo de inúmeras reclamações e promessas de solução.

No documento, a Copasa afirma que foi implantado e já está em funcionamento um sistema de tratamento do odor. A implantação do sistema se deu após compromisso ajustado em acordo judicial firmado entre o Ministério Público e a Copasa que tinha o prazo até 31 de janeiro para mitigar o odor.

A empresa responsável pela execução do serviço é a Construtora Vale do Paraopeba, de Brumadinho. O valor do investimento da Copasa gira em torno de R$1,5 milhão. Nos próximos dias, a Copasa  designará reunião com as comunidades vizinhas à ETE para apresentar o resultado dos trabalhos e colher as impressões da população.

Clique aqui e curta a página do Site Lafaiete Agora no Facebook