Homem é preso por crime cibernético após ameaçar divulgar fotos intimas de mulher na internet

A Polícia Civil de Minas Gerais cumpriu, na manhã da quinta-feira (13/02), o mandado de busca e apreensão na casa de um suspeito de crime cibernético praticado contra mulher, na cidade de Conselheiro Lafaiete. A vítima vinha recebendo ameaças do indivíduo que divulgaria suas fotos em redes sociais, caso ela não mantivesse relações sexuais com ele, ou depositasse quantias em dinheiro.

O investigado teria criado um perfil falso em uma rede social com o nome de “Gustavo Pires” e se passava por outra pessoa para enganar a vítima, que relatou que teria se envolvido emocionalmente com “Gustavo” e enviado algumas fotos íntimas. Algum tempo depois, diante da negativa para as relações sexuais e os depósitos, as ameaças começaram. Após investigações, a equipe da Polícia Civil localizou o suspeito, na cidade vizinha de Ouro Branco, onde reside com os pais.

Durante a busca foram apreendidos celulares, vários chips de operadoras de celular, mídias de CD e DVD, notebook e computador. Todo material será analisado e, comprovado o crime, o suspeito será responsabilizado criminalmente. Segundo a delegada de mulheres, Bethânia Bianchetti, por mais que exista a lei que criminaliza a conduta específica de divulgar fotos íntimas alheias sem permissão, ainda mais mediante extorsão e exigência de favores sexuais. A delegada explica que ainda existem indivíduos que acham que isso ficaria impune hoje em dia. A delegada destacou ainda, a importância de que as vítimas denunciem esse tipo de crime.

Clique aqui e curta a página do Site Lafaiete Agora no Facebook