Homem escorrega próximo a ponte do bairro Real de Queluz, cai no rio e quase morre afogado

No início da noite da quinta-feira, 13/02, por volta de 18h30, bombeiros de Conselheiro Lafaiete foram acionados por populares informando que um homem estava se afogando rio Ventura Luiz na altura do bairro Real de Queluz. Imediatamente quatro bombeiros chegaram ao local.

O homem de 29 anos de idade se encontrava agarrado por um dos braços em um galho no meio do rio. Os bombeiros amarraram uma corda em uma árvore às margens do rio e entraram com segurança ao local aproximando-se da vítima. Devido ao peso do homem, os quatro bombeiros tiveram que entrar no rio para retirar a vítima que já estava inconsciente.

O homem foi colocado as margens do rio e apresentava-se hipotérmica com bastante espuma saindo pela boca, além de pulsação bem fraca. Foram retiradas as vestes da vítima que foi colocada sobre uma prancha rígida e coberta com uma manta aluminizada para aumentar a temperatura corporal. Em seguida, o homem foi encaminhado a Policlínica Municipal ficando aos cuidados da equipe médica de plantão.

Ele contou que escorregou próximo a ponte do bairro Real de Queluz, onde Valmir Gonçalves de Paiva, 50 anos, foi arrastado pela força da enchente e morreu no dia 24/01, tendo corpo localizado sete dias depois. A ponte teve as tábuas retiradas pelos moradores para evitar que seja utilizada após a morte de Valmir, mas o local continua proporcionando perigo para quem passa pelo local.

Clique aqui e curta a página do Site Lafaiete Agora no Facebook