Continuam as obras da Praça de Eventos em Congonhas

Ainda este ano, Congonhas passará a contar com um espaço multiuso, preparado para receber grandes eventos e atividades diárias ou semanais de lazer que, a partir desta pandemia, vão exigir o distanciamento social. A última etapa de obras da Praça de Eventos, entre as av. Contorno Norte e Michael Pereira de Souza, no Campinho, segue a passos largos. O projeto sofreu reformulação para baixar custos e tornar aquele espaço ainda mais funcional.

Arquiteto responsável pelo projeto arquitetônico da Praça de Eventos de Congonhas, o arquiteto Walber Ângelo de Freitas afirma que é importante, neste momento, pensar como deverão ser utilizados os espaços públicos, como as praças, após a pandemia da Covid-19. “Devemos criar estratégias para devolver ao cidadão, o sentimento de apropriação da cidade. A praça de eventos surge como um relevante espaço verde, de lazer, cultura, inclusivo, justo e saudável. Uma alternativa para a prática de atividades físicas em espaço aberto. É nessas áreas que as pessoas podem caminhar, correr, andar de bicicleta, soltar pipas, etc, mantendo o distanciamento, caso necessário. Depois da pandemia, ela há de se tornar um espaço de múltiplas funções e usos”, considera.

A empresa Terra Engenharia, supervisionada pela Secretaria de Obras da Prefeitura, iniciou, há mais de 1 mês, o cercamento da área e vai fazer ainda a arquibancada e a pista para concurso de marca, passeio, guarda-corpo das rampas e portaria. O pórtico,  que é a entrada principal, contará com salas de serviço e será feita com estrutura metálica e alvenaria, mesmo material das portas laterais.

Paralelamente, a empresa Martino Eletricidade Iluminação está preparando a fundação para instalar nove torres de iluminação, de 13,5 de altura em média, de cada lado da praça de evnetos, dois postes na entrada e outros cinco. São seis lâmpadas em cada torre, um poste com 12 projetores, outros dois com três, o que deve ficar pronto no final de julho.

De acordo com o projeto original, haveria palco e banheiros fixos na Praça de Eventos, mas com a reformulação, estes terão de ser contratados a cada evento. A medida reduz o custo da obra e abre espaço físico para outras atividades no local no dia a dia. No caso do palco, a ela permite também o atendimento às necessidades de cada artista.

Clique aqui e curta a página do Site Lafaiete Agora no Facebook