Funcionários da Viação Presidente farão greve caso os prazos de pagamentos não forem cumpridos

A crise no transporte coletivo de Conselheiro Lafaiete está longe de terminar. O SINTTROCOL (Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Conselheiro Lafaiete) irá notificar a Viação Presidente comunicando o estado de greve.

Na quinta-feira, 26/11, funcionários do transporte coletivo paralisaram as atividades na parte da manhã e voltando ao trabalho por volta das 9h.  A paralisação foi suspensa após a empresa se comprometer a pagar os débitos a serem parcelados em 27/11, 30/11, 07/12, 20/12 e 21/12, segundo o sindicato que representa a categoria.

Porém, em assembleia realizada pelo SINTTROCOL houve a aprovação do estado greve em razão dos constantes atrasos e não pagamento de salários, auxílio alimentação e plano de saúde. A Viação Presidente, o Sindicato Patronal e a Prefeitura serão notificados sobre o estado de greve.

Ainda de acordo com o sindicato, a paralisação poderá ocorrer a qualquer momento após as 72h da notificação caso a empresa não cumpra os prazos dos pagamentos.

Segue abaixo o comunicado do SINTTROCOL:

Clique aqui e curta a página do Site Lafaiete Agora no Facebook