Geladeira Literária irá incentivar a leitura em espaços públicos de Lafaiete

A literatura está em alta em Conselheiro Lafaiete. Após ganhar a biblioteca itinerante por meio do Instituto Meraki, outra iniciativa também incentiva a leitura no município. O Coletivo Mais Queluz implantou a projeto Geladeira Literária após a troca de experiências com artistas da cidade.

A Geladeira Literária é uma ação colaborativa que une vários artistas integrantes do coletivo. Foram os próprios artistas os responsáveis pela customização da geladeira, com pinturas livres, stencils e adesivos, colorindo o ambiente que será utilizado como recipiente para os livros.

Incentivando a solidariedade e democratizando o acesso a literatura, em tempos de inflação, seguindo algumas referências nacionais e internacionais, o coletivo Mais Queluz decidiu implantar em Conselheiro Lafaiete tal ação tão preciosa. A proposta e que a Geladeira Literária esteja em locais públicos para acesso gratuito da população.  

É cientificamente comprovado os benefícios da leitura, além de ampliar o vocabulário e o conhecimento ao absorver o conteúdo de um livro. “E se você gostou da ideia, sinta-se convocado à quando passar pela geladeira, pegar e ler alguns livros, ler enquanto espera o ônibus, levar algum para casa e ler no percurso. Que tal deixar um livro novo na geladeira também para que mais alguém possa partilhar da experiência de lê-lo? O senso de comunidade é uma construção, o Coletivo Mais Queluz está dando um passo, e convidando a população para caminhar junto?”, destaca o coletivo.  Conheça o Coletivo Mais Queluz no Instagram: https://instagram.com/mais_queluz?utm_medium=copy_link