Polícia Civil realiza operação “Instantia” de combate ao crime organizado em Lafaiete

A Polícia Civil de Minas Gerais realizou, na terça-feira (20/08), a operação “Instantia” nas cidades de Conselheiro Lafaiete, Congonhas e Jeceaba. Ao todo foram cumpridos cinco mandados de prisão e doze de busca e apreensão. A operação surgiu a partir da operação “Vendetta”, desencadeada em julho de 2018 e que realizou a prisão de 21 suspeitos de diversos crimes, entre eles homicídios, tráfico de drogas e corrupção de menores.

Após a prisão, os envolvidos estariam articulando-se novamente e de dentro de presídios, continuariam a comandar a prática de crimes nas cidades da região. Após investigações, foi iniciada a operação “Instantia” com o objetivo de provar a existência da nova organização criminosa e responsabilizar seus integrantes pelos diversos crimes cometidos, como roubos, receptação, tráfico de drogas, corrupção de menores, entre outros.

Durante a ação policial cinco suspeitos foram presos, além de terem sido apreendidos nove aparelhos celulares, dois notebooks, diversos comprovantes bancários e quatro cartões de banco. De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Marcus Vinicius Rodrigues, a investigação demonstrou que os alvos dos mandados de busca e apreensão estariam atuando para financiar, entre outras coisas, a manutenção das famílias e de privilégios dos integrantes presos. “Nesse sentido havia um fluxo de remessa de dinheiro através de depósitos bancários realizados em contas que seriam usadas pelo grupo criminoso”, afirma o Delegado.

Participaram da ação 45 policiais civis das Delegacias de Conselheiro Lafaiete, Piranga, Congonhas, Entre Rios de Minas, Ouro Branco e Carandaí.