Regional de Saúde de Barbacena convoca grupo prioritário para vacinação contra a gripe

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), por meio da Superintendência Regional de Saúde de Barbacena, convoca as pessoas que pertencem aos grupos prioritários, para que procurem a unidade de saúde mais próxima para se vacinarem. Os grupos prioritários para a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza 2019 são: crianças na faixa etária de seis meses a menores de seis anos de idade (cinco anos, 11 meses e 29 dias), as gestantes, as puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhadores de saúde, professores de escolas públicas e privadas, indígenas, indivíduos com 60 anos ou mais de idade, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, pessoas portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, policiais civis, policiais militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas.

A meta é vacinar 90% desse grupo prioritário. Para as pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais independe da idade, (conforme indicação do Ministério da Saúde em conjunto com sociedades científicas), mantém-se a necessidade de prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina, que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

A gripe é uma infecção aguda causada pelo vírus Influenza, que afeta o sistema respiratório e pode provocar complicações graves, inclusive a morte, se não for tratada a tempo, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco para as complicações da infecção. A síndrome gripal, que se caracteriza pelo aparecimento súbito

de febre, dor de cabeça, dores musculares, tosse, dor de garganta e fadiga, é a manifestação mais comum. Nos casos mais graves, geralmente, existe dificuldade respiratória e há necessidade de hospitalização.

A vacinação contra Influenza mostra-se como uma das medidas mais efetivas para a prevenção da influenza grave e de suas complicações. As vacinas utilizadas nas campanhas nacionais de vacinação contra a influenza do Programa Nacional de Imunizações (PNI) são vacinas trivalentes que contêm os antígenos purificados de duas cepas do tipo A e uma B.

Estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias, de 39% a 75% a mortalidade global e em, aproximadamente, 50% nas doenças relacionadas à influenza. Além da vacina, as ações de prevenção da transmissão da influenza incluem a etiqueta respiratória e a lavagem correta e frequente das mãos.

Até 13/05/2019, o Estado de Minas Gerais está com cobertura parcial de 60,5%. Sendo a Regional de Barbacena, que é formada por 31 municípios, das microrregiões de Barbacena e Congonhas/Conselheiro Lafaiete, com uma cobertura de 65,76% até a presente data. Em relação à cobertura parcial por grupos prioritários, a Regional Barbacena atingiu, até o momento, 57,8% para crianças; 60% para gestantes; 72,25% trabalhadores de saúde; 84,99% puérperas; 0% indígenas; 75,69% pessoas com 60 anos ou mais de idade; 52,59% professores; 51,09% grupo comorbidades; 0% privados de liberdade; 0% funcionários do sistema prisional; e 0% policiais civis, militares, bombeiros e membros das forças armadas.

Nesse cenário, para que se tenha melhores resultados no enfrentamento à Gripe por meio da vacinação, a Superintendência Regional de Saúde convoca toda a sociedade, parceiros, prefeituras municipais, profissionais da saúde, meios de comunicação, instituições públicas e particulares das diversas áreas de atuação a abraçarem essa mobilização, divulgarem e incentivem toda a população nessa causa, pelo bem da saúde de todos.

Mais informações podem ser acessadas pelo site: www.saude.mg.gov.br/gripe