Projeto “Poder da Visão Racional”, promove inclusão e valorização cultural em Lafaiete

O projeto “Poder da Visão Racional” que está em vigor desde novembro de 2017 é desenvolvido pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer em parceria com as Secretarias de Educação e Cultura em Conselheiro Lafaiete promove a inclusão e valorização da cultura em Conselheiro Lafaiete. Mais de 300 jovens e adultos já foram atendidos pelo projeto e agora chegou ao seu II Batizado de Troca de Cordel.

O evento foi realizado na Praça CEU e contou com a participação de 53 alunos dos núcleos do projeto que foram graduados com a troca da cor de seu cordel e contou com a presença de mestres de capoeira de Ouro Preto, Barbacena, Mariana e de Conselheiro Lafaiete, além de familiares de participantes do projeto e percussores que iniciaram na capoeira com o Mestre Nem há mais de 40 anos.

Inicialmente os presentes participaram de um café coletivo que foi ofertado pelos alunos e mestres. Em seguida foi realizada uma palestra onde todos os mestres presentes falaram sobre a valorização da capoeira enquanto cultura, arte, educação e esporte e sobre como a capoeira é para todos sem distinção, sendo o foco principal a valorização da cultura e da tradição. O Grupo União do Morro, do Bairro JK, fez apresentações de Maracatu e Congado e explicou que essas são culturas afro-brasileiras ligadas a capoeira. Após as apresentações culturais teve inicio o batizado com a roda dos mestres e professores e depois a roda de avaliação dos alunos que foram graduados.

Projeto “Poder da Visão Racional”

O projeto teve seu início em novembro de 2017 na Praça CEUs com aulas de capoeira, percussão, dança, música, aulas sobre a história da capoeira, história do negro no Brasil e valorização da diversidade étnica de nosso país trabalhando sempre pela inclusão e contra a discriminação. Acontecem também oficinas promovidas pela Liga das Entidades Carnavalescas de Conselheiro Lafaiete – LECAL e grupos de HIP-HOP.

Hoje o projeto possui cinco núcleos de atendimento que são eles: Escola Municipal “Bianor Paulinho”, em São Vicente; Escola Municipal “Esperidião Pereira”, em Mato Dentro; Praça CEUs, no bairro Rochedo; Escola Municipal “Marinho Fernandes”; no bairro São Judas Tadeu e no Centro Comunitário do bairro São Geraldo atendendo atualmente a 80 jovens e adultos de diversos bairros do município.

Uma grande vitória do projeto foi ter trabalhado em conjunto com o Conselho Municipal de Igualdade Racial – COMPIR para a obtenção da certificação da Fundação Cultural Palmares de autodefinição como Remanescente de Quilombo.  Hoje o projeto ajuda na inclusão da comunidade levando atividades culturais e desenvolvimento econômico em conjunto com outras secretarias do município, associações e entidades do Sistema “S”.

Para participar do projeto, basta procurar a Secretaria de Esportes e Lazer que fica localizada na Praça CEUs na Rua Ito Alves, 185 – Rochedo.