Em entrevista ao ComuniCong, a cantora Franciele Karen, de Congonhas fala sobre sua experiência em programas de TV

Em entrevista ao ComuniCong, a cantora Franciele Karen, de Congonhas fala sobre sua experiência em programas de TV, a relação com o violão, as apresentações nas cidades vizinhas e o foco atual de seu trabalho. Ela participou em 2015 do The Voice Brasil.

Foto: Juan Ribeiro/ TV Aparecida

Você cantou em programas como Jovens Talentos Kids, Programa do Raul Gil, TV Xuxa, Revelações Sertanejas e The Voice Brasil. Como foi essa experiência e qual a importância dela na sua vida profissional e pessoal?

R. Foram as melhores experiências da minha vida. Nunca imaginei chegar em lugares tão incríveis. Graças ao apoio da minha família, eu fui em frente e cheguei aonde nunca imaginava ser possível. Além do aprendizado e amadurecimento, essas experiências me abriram portas maravilhosas e tornaram minha vida mais realizada.

Foto: Reprodução TV Globo

Sobre a sua participação no The Voice Brasil, você mostrou vontade de tocar algum instrumento musical. Por que esse desejo? 

R. Meu pai e meus irmãos sempre tocaram violão. Então eu sempre tive vontade de aprender. Hoje eu já toco bem, mas ainda tenho muito que aprender. 

Você tem uma banda? Foi o fato de trabalhar em grupo que fez com que você fizesse shows em Conselheiro Lafaiete, por exemplo? Que importância você vê nesses trabalhos regionais e em parcerias como essa e como a live que você fez com a Maria Alice?

R. Não tenho uma banda. Eu tive uma banda aos 14 anos, depois de me apresentar no Raul Gil. Mas resolvi seguir outros rumos. Na verdade, eu que resolvi depois seguir (minha carreira) nos barzinhos e comecei a fazer na região também como Conselheiro Lafaiete, Ouro Branco, Carandaí, São Brás, Barbacena etc. Acho superimportante, pois conhecemos novos públicos, abre mais horizontes, mostramos nosso trabalho para novas pessoas e por aí vai.

Como foi receber o cantor Daniel na sua cidade natal?

R. Foi muito bacana.

Ao longo destes anos de sua trajetória artística, qual foi a sua maior dificuldade e a sua maior conquista?

R. Minha maior dificuldade foi vencer meus medos e minha maior conquista foi saber que, vencendo-os, eu cheguei em muitos lugares que eu nunca tinha imaginado. Ir pra TV sempre foi um sonho.

O que o seu público pode esperar para os próximos anos?

R. Quero me dedicar a eventos particulares e casamentos. Me encontrei no casamento junto a um grupo que hoje faço parte, o Líberi. Temos uma agenda bem cheia, graças a Deus, e é sempre muito bom fazer esse tipo de evento. Então por enquanto este é o meu foco.

Franciele Karen canta ‘Real Love’ no The Voice Brasil – Audições | 4ª Temporada veja no vídeo abaixo:

Por Felipe Gustavo de Paula Vieira, Paula Grabriela de Moura Esteves e Rafael Batista Andrade

Clique aqui e curta a página do Site Lafaiete Agora no Facebook