A Polícia Civil de Minas Gerais prendeu, na segunda-feira, 28/01, duas pessoas que estariam envolvidas na venda de substâncias abortivas em Conselheiro Lafaiete. Os dois indivíduos foram presos em flagrante, no momento em que realizariam a transação comercial dos produtos ilícitos, em um posto de combustível no centro da cidade.

Durante a busca, foram apreendidos com eles 91 comprimidos do medicamento conhecido como Cytotec, um veículo, uma motocicleta e aproximadamente R$ 1800,00, além de outros materiais. Segundo o delegado responsável pelo caso, o medicamento apreendido é de comercialização e uso restrito no Brasil, e seria usado para a prática de abortos.

A comercialização do mesmo é considerada crime hediondo, a pena podendo chegar a 15 anos de reclusão. Os suspeitos foram encaminhados ao Sistema Prisional e estão à disposição da Justiça.