Mais um morador de Conselheiro Lafaiete teve a morte confirmada na quinta-feira, 31/01, em decorrência do rompimento da barragem Córrego do Feijão em Brumadinho. Gustavo Souza Júnior, de 37 anos, mecânico na terceirizada Sotreq teve o nome divulgado entre as vítimas da tragédia.

Gustavo tinha 37 anos e deixa esposa e um filho.

Segundo informações, ele morava com a esposa no bairro Santa Matilde, em Conselheiro Lafaiete

Anderson Sthica

Ainda na quinta-feira, 31/01, foi confirmada a morte de Anderson Luiz da Silva, 43 anos. O corpo do maquinista da MRS Logística conhecido pelos colegas de trabalho como “Sthica” foi reconhecido no IML de Belo Horizonte como vitima do rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão em Brumadinho, no dia 25/01.

Com a morte de Gustavo Souza Júnior e Anderson Sthica e Daniel Muniz Veloso, sobe para três o número de moradores de Conselheiro Lafaiete mortos na tragédia. Ainda se encontram desaparecidos, Felipe José de Oliveira Almeida, Pedro Sena e Edson Rodrigues dos Santos .

Nota da empresa  SOTREQ

Recebemos com grande tristeza a confirmação do falecimento de Gustavo Sousa Junior. Ele estava entre os cinco colaboradores da Sotreq desaparecidos após a tragédia de Brumadinho (MG).

Gustavo, 37 anos, deixa a esposa e o filho. Era mecânico e trabalhava há 12 anos e cinco meses na empresa.

Como tem acontecido desde a confirmação do rompimento da barragem, onde os colaboradores prestavam serviço terceirizado para a Vale, nossos esforços estão voltados para dar suporte às suas famílias.