Em crise, Carnaval de Cristiano Otoni será realizado apenas com desfile de um bloco

Mais uma cidade da região não terá programação oficial de Carnaval este ano. A falta de recursos tem levado os municípios a reduzirem ou cancelarem a programação de Carnaval para priorizar pagamentos de servidores e serviços essenciais a população.  

Crise fez prefeitura reduzir a realização da festa.  Foto: Divulgação/Prefeitura.

Em comunicado divulgado na terça-feira, 05/02, o prefeito de Cristiano Otoni, José Elcio (PSB), informou que devido a crise financeira provocada pela retenção de recursos financeiros devidos ao município no ano de 2018, por parte do Governo de Minas Gerais, o Carnaval 2019 será apenas com a apresentação do Bloco Rasgado de Mé que desfilará durante os cinco dias de festividade conforme cronograma que será divulgado posteriormente.

Na região as cidades de Conselheiro Lafaiete e Ouro Branco já comunicaram oficialmente o cancelamento do Carnaval. O município de Senhora dos Remédios também decidiu não realizar a festa em decorrência da crise. Já a cidade de Barbacena não vai investir no Carnaval e tenta via chamamento público atrair uma empresa para assumir a realização do evento.