Após reclamação de servidores, prefeito anuncia pagamento de adicional de insalubridade e periculosidade

O prefeito de Conselheiro Lafaiete, Mário Marcus (DEM) comunicou nesta sexta-feira, 21/02, que a partir da folha de pagamento de fevereiro de 2020 será pago o adicional de insalubridade e periculosidade aos servidores municipais que têm o direito ao benefício de acordo com laudo técnico das condições ambientais do trabalho, elaborado pelo engenheiro de Segurança, Luciano José Vieira Franco.  Dentre as categorias beneficiadas com o adicional de insalubridade estão auxiliares de serviços educacionais, na área da educação e os agentes de combate a endemias no setor de saúde.

Mário Marcus anunciou o pagamento do beneficio nesta sexta-feira.

Já os guardas municipais e agentes de trânsito receberão o adicional de periculosidade. Nas ultimas semanas, servidores manifestaram a insatisfação pelo não pagamento do beneficio por parte da administração municipal. O assunto chegou a ser levado ao conhecimento dos vereadores que chegaram a aconselhar os funcionários a buscar na justiça o comprimento dos direitos trabalhistas.

O vereador Pedro Américo defendeu o direito dos servidores.

O vereador Pedro Américo (PT) chegou a apresentar um requerimento que foi aprovando pelos demais membros do legislativo foi encaminhado ao secretário municipal de Administração e prefeito municipal, solicitando informação acerca da regularização do pagamento do adicional de insalubridade e periculosidade para os servidores públicos municipais, assim como a constituição de Comissão de Promoção, para fins de progressão por merecimento, nos termos do art. 24, da Lei Municipal 3.597/94.

Ao anunciar o pagamento do beneficio, Mário Marcus ressalta que tem se empenhado para cumprir com os compromissos com o servidor, principalmente mantendo o pagamento em dia, além de buscar formas de valorização e garantia de direitos comprovando o respeito da administração municipal pela categoria. “O atendimento desta demanda visa atender os anseios dos servidores, reivindicação do Sindicato dos Servidores Municipais e solicitação de vereadores”, concluiu o prefeito.

Clique aqui e curta a página do Site Lafaiete Agora no Facebook