Circuito Villas e Fazendas conquista a certificação e municípios são inseridos na Política de Regionalização do Turismo

Com base na Nota técnica nº 105/SECULT/DRDP/2020, emitida pela Secretaria de Estado de Cultura e Turismo, o Circuito Villas e Fazendas foi oficialmente reconhecido como Instância de Governança Regional. A entidade foi reconhecida por exercer o papel de executora, interlocutora e articuladora da descentralização e da regionalização do turismo em Minas Gerais.

Na mesma nota técnica, os municípios pertencentes ao Circuito Villas e Fazendas que por sua vez atenderam os critérios estabelecidos na legislação vigente, foram oficialmente inseridos na Política de Regionalização do Turismo. São eles: Caranaíba, Casa Grande, Catas Altas da Noruega, Conselheiro Lafaiete, Cristiano Otoni, Itaverava, Lamim, Queluzito, Rio Espera, Santana dos Montes e Senhora de Oliveira, garantindo o fortalecimento e desenvolvimento do Turismo.

A regionalização é hoje a diretriz federal para a gestão do turismo, adotada em Minas Gerais com o objetivo de construir um modelo de organização pública que visa à descentralização, com base nos princípios da flexibilidade, articulação e mobilização.

O Circuito Villas e Fazendas parabeniza os Municípios associados pelo empenho e dedicação.

Clique aqui e curta a página do Site Lafaiete Agora no Facebook