Instalação da Comissão Processante contra Mário Marcus é rejeitada

Em uma sessão acalorada na noite desta terça-feira, 14/09, foi votada na Câmara Municipal de Conselheiro Lafaiete o pedido de abertura de Comissão Processante contra o prefeito Mário Marcus (DEM). O pedido partiu dos membros da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Transporte Público após a conclusão dos trabalhos.

Antes da votação houve a posse dos vereadores suplentes dos membros da CPI. Alan Teixeira (SD), Felipe Tavares (MDB), José Luiz Gonçalves (PV), Roger Diego (Patriota) e Zilda Helena (PT) após empossados ocuparam o plenário para votação.

Vereadores suplentes: Roger Diego, Zilda Helena, José Luiz, Felipe Tavares e Alan Teixeira.

Após as discussões foi feita a votação que terminou em oito votos contra a abertura da Comissão Processante e quatro votos favoráveis. Votaram a favor a abertura da Comissão Processante os vereadores André Menezes (PL), Pastor Angelino (PP), Roger Diego (Patriota) e Zilda Helena (PT).

Já os vereadores Alan Teixeira (SD), Felipe Tavares (MDB), Fernando Bandeira (DEM), José Luiz Gonçalves (PV), Professor Eustáquio (PV), Professor Osvaldo (PV), Renato Pelé (PV) e Sandro José (PROSS) votaram contra a abertura da Comissão Processante.

Como foi rejeitada a abertura da Comissão Processante o trabalho da CPI foi arquivado. O resultado da votação frustrou os membros da CPI e lideranças de partidos que acompanharam a sessão.