Dívida referente a entorpecentes termina com jovem preso por furto e tráfico

Na noite da sexta-feira, 30/12, um jovem de 20 anos compareceu à sede da 73ª Companhia PM em Congonhas, alegando que teve o seu aparelho celular furtado devido a uma dívida referente a entorpecentes. O indivíduo de 21 anos, ao qual ele devia foi localizado e afirmou ter subtraído o celular em razão da dívida e informou que o telefone estaria em uma residência do bairro Dom Silvério.

A Polícia Militar esteve no endereço onde teve acesso autorizado e encontrou outros dois aparelhos celulares de procedência duvidosa, além de uma balança de precisão e uma máquina de cartão de crédito, materiais utilizados para o embalo de entorpecentes, uma pedra de crack e a quantia de R$ 252,20. Diante da situação, o autor de 21 anos foi conduzido após lhe ser dada voz de prisão pelas práticas de furto e tráfico de drogas.